Home | Fale Conosco

 
 
 
 

   News

CAT-E 42 REFORÇA PRODUÇÃO DE CATOCA

 

CAT-E 42 é a designação atribuída ao Kimberlito periférico ao de Catoca, na província angolana da Lunda Sul, descoberto por especialistas da Sociedade Mineira de Catoca (empresa de direito angolano), no ano de 2004. A nova mina kimberlítica, que dista cerca de dez quilómetros da vila residencial de Catoca e oito do Kimberlito principal, possui perto de cinco hectares de área e começou a ser explorada a 13 de Abril de 2017, após inauguração que coube ao Ministro angolano da Geologia e Minas Dr. Francisco Queiroz, na presença da Governadora provincial, Cândida Narciso.
Segundo o governante, apesar de ser "uma pequena afloração acessória ao Catoca, "o CAT- E42 representa um suporte importante na produção de rendimentos para o Estado” através do pagamento de impostos, e intervenção em projectos sociais.

A prospecção do jazigo primário começou em 2004, produzindo resultados satisfatórios que estimularam a intensificação de estudos concluídos em 2008, no domínio da viabilidade económica. A partir de 2015 partiu-se para a fase de recolha e tratamento de "amostras de grande volume", tendo iniciado, em 2016, a fase preparatória para o arranque da exploração efectiva que durará quatro anos. Para tornar viável a exploração da mina foi necessária a remoção de três milhões e 500 mil toneladas de estéril, atingindo uma profundidade de aproximadamente 35 metros.
Até ao início da sua exploração a mina absorveu um investimento na ordem de USD 50 milhões, para um rendimento bruto esperado de USD 150 mil milhões resultantes de aproximadamente quatro milhões e 500 mil quilates.

O Presidente do Conselho de Administração da ENDIAMA, EP, Engº Carlos Sumbula, antevê o aumento de receitas da Sociedade Mineira de Catoca, participada maioritariamente pela ENDIAMA, e anunciou para breve o início de operações no Kimberlito do Luaxe, situado a cerca de 20 quilómetros de Catoca.

Presente no acto inaugural, o arcebispo de Saurimo, Dom José Manuel Imbamba, assinalou que a entrada em funcionamento da nova mina é um renascer de esperança e apontou a necessidade de diálogo permanente com as comunidades para dissipar desentendimentos e especulações quando o interesse do Estado na prossecução do interesse colectivo.

Para o Chefe de Sector de Planeamento Mineiro, Rómulo Mucase, a nova mina de Catoca "agrega valores no volume de produção e garante reserva de diamantes”, sendo prova a determinação do desafio da empresa em minimizar custos e maximizar lucros.




 
Endereço:
Luanda/Angola - Sector Talatona – Luanda Sul - Tels.: 2226247000 | 2226247001 | Fax.: 222006140 | 222006141
Saurimo/Angola - Tels.: 222624000 | 222624001 | Fax.: 222624108