Home | Fale Conosco

 
 
 
 

   News

RDC É SEGUNDA ETAPA DA EXPANSAÃO INTERNACIONAL

 

Catoca almeja expandir e implantar a sua actividade geológica e mineira na vizinha República Democrática do Congo, ideia acolhida com especial agrado pelo governo daquele país africano.

Para conferir o interesse das partes, o embaixador da RDC acreditado em Angola, Mayele Bernardin, efectuou, a 22.01.2014, uma visita de cortesia à diamantífera que opera na província angolana da Lunda Sul (nordeste), com o fito de observar a sua cadeia de produção e o modelo de gestão que a tornam numa empresa de referência internacional.

“Pisei o solo de Catoca e na qualidade de representante do meu governo, posso assegurar que estou bastante impressionado com o que vi. É uma empresa grandiosa e um exemplo em África, continente que precisa de investimentos iguais para impulsionar o seu desenvolvimento”, disse o diplomata no fim da visita de dois dias.

O embaixador que realizou uma demorada incursão pela Mina, Centrais de Tratamento, Complexos de Transporte por tapetes rolantes e outras áreas de operacionais, Mayela Bernardin disse que o interesse do seu governo é estabelecer relações de parceria com Catoca, em virtude da sua vasta experiência, no domínio da mineração e o reconhecimento que tem sobre o mercado da indústria diamantífera.

“O nosso país possui muita riqueza e sozinhos não é possível aproveitá-la. Daí o interesse por Catoca, precisamente para começarmos a estabelecer parcerias que permitirão o início das suas actividades no Congo Democrático”, ressaltou assegurando que na vertente da segurança, o clima reinante no seu país é favorável.

“Catoca poderá trabalhar no Congo Democrático com segurança e tranquilidade, sendo o objectivo do nosso governo criar uma parceria com a diamantífera angolana”, salientou o diplomata congolês. Quanto à responsabilidade social, o embaixador acreditado em Angola afirmou que Catoca está a dar um grande exemplo à África, experiência que pretende que seja levada ao Congo Democrático.

A sociedade Mineira de Catoca tem como meta até ao ano 2020, de acordo com a sua visão estratégica, actuar noutros países do continente, tendo já contactos bastante avançados com o Zimbabwe, pais em que celebrará uma joint venture com a ZMDC- Zimbabue, Mining Development Company, ainda este ano.

Para o Director Geral de Catoca, a RDC será o segundo passo da expansão internacional depois do Zimbabue. Ganga Júnior anunciou a multiplicação de contactos exploratórios com as autoridades da RDC, com vista a consolidar mecanismos de implantação da empresa no território congolês.


 
Endereço:
Luanda/Angola - Sector Talatona – Luanda Sul - Tels.: 2226247000 | 2226247001 | Fax.: 222006140 | 222006141
Saurimo/Angola - Tels.: 222624000 | 222624001 | Fax.: 222624108