Home | Fale Conosco

 
 
 
 

   News

OS DESAFIOS DO DEPARTAMENTO DE AVALIAÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E MARKETING

 

O diamante é o mineral mais precioso do mundo, mérito que ganha por causa dos factores como a dureza, composição química, organização atómica, extrutura física, diversidade de cores, o brilho e o factor chave da sua valiosidade que é a raridade.
Sendo o diamante a forma pura do carbono, com uma forma tridimensional, que faz dele um mineral muito resistente e duro, existe também o grafite que é derivado do mesmo elemento químico que o diamante (carbono), sendo este de forma bidimensional, apresentando uma caracteristica mais frágil que o diamante, por causa da sua forma ou extrutura física.
Em Angola, Catoca é responsavel por mais de 80% da produção nacional de Diamantes e tem um volume anual de produção de mais de 6 milhões de cts.

Dentro da sua extrutura orgânica, tem o Departamento de Avaliação, Comercialização e Marketing, que tem a responsabilidade de classificar, avaliar e comercializar os diamantes extraídos da mina de Catoca, na Lunda Sul.
A classificação, avaliação e comercialização é uma actividade levada a cabo por técnicos nacionais, altamente qualificados, e que têm sabido responder, com eficiência e eficácia, os desafios da empresa e do mercado.
Este Departamento está organicamente extruturado em dois Sectores, denominadamente: Setor de Avalição de Diamantes e o de Stock e Controle de Diamantes. Conta ainda com 1 supervisor de Avaliação, 2 Avaliadores Séniores, 6 Técnicos de Classificação e 2 Técnicos de Stock e Controle, somando um total de 13 funcionários, incluindo o Chefe de Departamento.

Após este processo, que é feito continuamente ao longo do mês, até a conclusão do plano mensal da empresa, prepara-se a produção para o Processo de Avaliação, que é feita pelos Avaliadores seniores do Departamento, para se achar ao preço médio e ao valor total da produção que depois é transportada a comercialização em Luanda.

A empresa responsável pela comercialização dos diamantes de Angola é a SODIAM que é a representante do Estado angolano, tendo por missão fiscalizar as actividades comerciais dos diamantes angolanos.
O Departamento de Avaliação, Comercialização e Marketing tem como desafios, exercer uma forte influência junto da Direcção sobre a mudança do sistema de comercialização dos diamantes de Catoca, a criação da Marca dos Diamantes de Catoca e a sua internacionalização. Este processo influenciará positivamente na aceitação dos diamantes dos outros projectos que Catoca pretende explorar.
Pretendemos criar uma marca que dê um maior realce aos diamantes naturais, visto que os diamantes sintéticos estão apresentando uma evolução no mercado internacional, apesar de ser ainda tímida, mas começa a ser um caso a se ter em conta.
Actualmente, as tecnologias utilizadas na produção dos diamantes sintéticos estão cada vez mais avançadas, mais eficazes e acessíveis, sendo que um diamante sintético custa 30% menos que o diamante natural (fonte MSN). No futuro, este fenómeno poderá vir a causar outros transtornos em termos de mercado e preços aos diamantes naturais.
























Partindo para este capítulo, Catoca junta-se a empresas como a De Beers, Rio Tinto, Bhp, Alrosa e outras que têm como core business, a exploração e comercialização de diamantes naturais.
Hoje, o DACM de Catoca está capacitando (treining on Job) os seus técnicos visando os novos desafios assumidos pela empresa, que são as novas concessões. Apesar de algumas estarem ainda em fase de Pesquisa e Prospecção, outras em fase de aprovação, poderão ser as novas fontes de diamantes de Angola. O DACM tem de estar pronto a responder a estes desafios com qualidade, eficácia e eficiência.
Pessoas entendidas, quando de nossa visita à India e Dubai, ouvidas sobre a linha de avaliação de Catoca, atestam que “ela oferece garantias de confiança”.
Compradores e processadores dos diamantes de Catoca afirmaram que “a empresa Catoca possui uma linha de classificação de diamantes homogénea, porque compramos diamantes de Catoca a mais de 10 anos e a linha mantém-se a mesma”.
Isto é um grande motivo de satisfação para a empresa e, sobretudo, para os técnicos do DACM, que têm dado o melhor de si para manterem este perfil.

















Catoca, o 4.º maior Kimberlito do Mundo, tem como objectivo, até 2020, tornar-se no 3.º maior produtor de diamantes do mundo e, como fruto desta aposta, estão sendo criadas condições diversas que estão dando resultados visíveis rumo a esta direcção. Como exemplos, temos a pesquisa de novas concessões, a expansão das actividades mineiras no exterior do país (internacionalização de Catoca).
Acreditamos que com o empenho destes destemidos mineiros estes objectivos serão atingidos.
Como se diz: um por todos, e todos por um só objectivo.


















 
Endereço:
Luanda/Angola - Sector Talatona – Luanda Sul - Tels.: 2226247000 | 2226247001 | Fax.: 222006140 | 222006141
Saurimo/Angola - Tels.: 222624000 | 222624001 | Fax.: 222624108